Receitas com gin: Negroni, Dry Martini e Gimlet

Em 1650, o médico Francisco De La Boe elaborou uma bebida à base de zimbro a fim de produzir um remédio diurético que funcionasse para tratamentos renais. O resultado, como você pode imaginar, não saiu como o esperado: o medicamento não foi tão eficaz, mas tornou-se uma das bebidas aromáticas mais conhecidas do mundo até os dias de hoje. Sim, estamos falando do Gin! (E de receitas com gin!).

Mesmo sendo muito difundido na Europa, especialmente no Reino Unido e na Espanha, ele não era muito conhecido aqui no Brasil até pouco tempo. Tal cenário tem mudado – e muito. Segundo o jornal Valor Econômico, as vendas da bebida aumentaram 13,2% só em 2016 – cerca de 900 mil litros! Bares especializados na venda exclusiva de drinks com gin não param de ser inaugurados, receitas clássicas são reproduzidas e incrementadas a todo momento – e cada vez mais pessoas tornam-se adeptas do seu consumo, gin lovers como nós.

Para te ajudar a conhecer um pouco mais sobre essa bebida carregada de história, separamos três receitas clássicas, super famosas e, claro, deliciosas. E se você quiser saber ainda mais sobre o assunto, corra para nossa matéria “Como beber Gin”.

Vamos lá?

Veja três receitas com gin: Gimlet, Negroni e Dry martini!

 

Receita Gimlet

Tudo indica que o Gimlet nasceu para diminuir o amargor do gin na época em que ele ainda era usado como remédio. Em 1879, o contra-almirante Thomas Desmond Gimlette, que atuava como médico, receitava a mistura de suco de limão e gin para os marinheiros se prevenirem do escorbuto, dando origem ao drink. Quer maneira melhor de cuidar da saúde?

Ingredientes:

50 ml de Arapuru gin

10ml de suco de limão

5ml de xarope de açúcar

Gelo a gosto


Modo de Preparo: 
Em uma coqueteleira, coloque todos os ingredientes. Bata, coe e sirva sem gelo em uma taça de Martini.

 

Receita Negroni

Frequentador assíduo do Caffè Casoni, em Florença, e cansado de beber sempre o mesmo drink, o Conde Camilo Negroni pediu para que o bartender o surpreendesse criando algo mais forte. Era 1919 e Fosco Scarselli, à frente do bar na época, acrescentou London Dry Gin a um dos coquetéis da casa. Depois da reação apaixonada do conde, o bartender resolveu homenageá-lo dando seu nome à bebida.

Ingredientes:

30 ml de Campari

30 ml de Arapuru Gin

30 ml de vermute doce

1 fatia de laranja

Cubos de gelo

Modo de Preparo: Em um copo, acrescente o gelo. Em seguida, adicione o gin, o campari e o vermute e mexa um pouco. Decore com a fatia de laranja e bom voo!

 

Receita Dry Martini

Não há um consenso sobre quem criou o Dry Martini. A versão que compartilha mais ingredientes em comum com o drink, defende que o Dry Martini surgiu a partir da evolução de um coquetel chamado Martinez, no ano de 1800. Considerado o pai da mixologia americana, o bartender Jerry Thomas teria criado este coquetel a pedido de um cliente que se preparava para uma viagem a Martinez, na Califórnia. Apesar da receita ser parecida em ingredientes, o sabor era um pouco diferente: usava-se o Old Tom Gin, que tem um sabor mais adocicado do que o London Dry, usado hoje em dia e de sabor mais amargo. Aprenda agora uma das versões do drink:

Ingredientes:

90 ml de Arapuru gin

3 gotas de vermute seco francês

1 twist de limão

1 azeitona verde

Cubos de Gelo

Modo de Preparo: Coloque uma taça de Dry Martini para gelar. Enquanto isso, misture o gin com o gelo e o vermute em um copo. Mexa com vigor e passe a bebida pelo coador. Coloque o twist do limão e a azeitona e pronto, é só aproveitar!

Comente via Facebook

Comentários

Marcado com , , , ,